Os 10 melhores países para migrar como arquiteto

A crise econômica a qual se arrasta no Brasil há pelo menos dois anos golpeou duramente os setores de construção civil e de Arquitetura. A comparar com o “boom” experimentado, sobretudo entre os anos de 2005 e 2013, a diminuição no ritmo de novos empreendimentos é alarmante e os maiores prejudicados são, principalmente, jovens arquitetos recém-graduados sem ainda uma boa colocação no mercado.

banner premio

Mas o cenário não é muito diferente nos Estados Unidos e diversos países da Europa, onde a crise financeira internacional, do mesmo modo, diminuiu o ritmo das construções. Para exemplificação, na Espanha, o desemprego entre arquitetos chega a 40% e muito maior na faixa etária entre 25 a 35 anos.  Com tantas intempéries, muitos jovens arquitetos pensam seriamente em migrar para outros países e, se há lugares onde a crise se abateu sobre nossa carreira, em outros ao contrário, a demanda por profissionais de Arquitetura continua forte e atraente.

Listamos, então, os 10 melhores países para migrar como Arquiteto:

1 – CHINA

Hong Kong, China.

Vista de Hong Kong, China.

A China é talvez hoje, o lugar mais fascinante em oportunidades e desafios arquitetônicos, onde o crescimento segue a ritmo exponencial. Obviamente muitos irão pensar que a maioria dos escritórios atuantes no país são estrangeiros e há ainda a dificuldade do idioma, tornando difícil o trabalho e as interações. Entretanto, Shangai e principalmente Hong Kong são cidades globais, onde possuindo boas qualificações e inglês fluente, dificilmente ficará sem emprego (e com boa remuneração) como arquiteto. Entretanto não será tão fácil a  adaptação. A cultura rígida, a disciplina e a culinária podem assustar um pouco brasileiros que partes para o extremo oriente em busca de oportunidades. A China exige visto profissional para trabalhar no país, mas enquanto procura emprego, você pode ficar por até três meses (renovável por mais três) com o visto de turismo ou de negócios.

2 – ÍNDIA

Varanasi, Índia.

Paisagem típica indiana na cidade de Varanasi

Um dos países atualmente com maiores demandas de profissionais estrangeiros com alta qualificação e dentre eles, obviamente: os arquitetos. Além disso, a Índia tem a vantagem de um dos idiomas oficiais ser o inglês. Diversos estudos demonstram que apesar da gigantesca população, a Índia com o objetivo de estar entre as três maiores potências mundiais nos próximos vintes anos, demandará de inúmeros profissionais do mundo todo, sendo um destino bastante atrativo para tentar. Os empecilhos ficam por conta da cultura e dos costumes indianos e pela dificuldade no visto. O visto profissional só é emitido no país de origem e com emprego garantido no país.

3 – SUÍÇA

Zurique, Suíça.

Zurique, maior cidade da Suíça

Não vamos nos enganar, pois trabalhar na Suíça como arquiteto não é fácil. No entanto, sem dúvida, é um dos melhores destinos para um arquiteto. A qualidade e a vanguarda de sua arquitetura junto a altos salários fazem com que seja um lugar perfeito para arquitetos. Mas para começar a pensar na ideia é preciso investir em língua estrangeira, sobretudo, no alemão fluente.

4 – NORUEGA

Ålesund, Noruega.

Ålesund, Noruega.

A Noruega encanta o mundo por seu alto índice de crescimento econômico (mesmo em tempos de recessão mundial), baixo desemprego e altos salários. Se tiver boas qualificações e bons níveis de inglês, parece ser uma oportunidade perfeita para um jovem arquiteto conseguir trabalho e ganhar dinheiro.

5 – ALEMANHA

Rotemburgo, Alemanha.

Pequenas cidades como Rotemburgo na Alemanha ainda não estão saturadas de profissionais

O país germânico é um dos destinos favoritos para arquitetos de todo o mundo quando pensam em trabalhar no exterior. Muito se deve à sua economia dinâmica e sólida e a um ativo mercado de trabalho. O ideal é ter ao menos conhecimentos intermediários na língua alemã. Além disto, as cidades maiores já estão saturadas com arquitetos, portanto a dica é seguir para cidades pequenas.

6 – CATAR E EMIRADOS ÁRABES UNIDOS

Qatar-Doha

Doha no Catar

Por seus crescimentos ímpares no mundo, necessitam constantemente de profissionais estrangeiros e, principalmente como podemos notar, da área de construção civil: engenheiros, arquitetos, técnicos em edificações, elétricos e mecânicos. É um oásis da construção em meio ao deserto. Apesar do idioma oficial em ambos os países ser o árabe, o inglês fluente é suficiente para questões comerciais e profissionais. O impedimento maior talvez seja relacionado à cultura e normais locais, bastante díspares em relação às nossas.

banner premio

7 – AUSTRÁLIA

Perth, Austrália.

Perth é a cidade que mais cresce na Austrália

A Austrália é um caso bastante interessante. Milhares de arquitetos migram anualmente para o país, o qual necessita de mão-de-obra neste setor, porém não no país todo. As grandes regiões metropolitanas como Sidney e Meulborne já estão saturadas quanto à necessidade de profissionais e possuem ritmo lento de novos empreendimentos. Por outro lado, cidades como Brisbane e Perth estão em fase de explosão imobiliária, assim como outras da parte norte, a tropical do país, onde a demanda se dá para a construção de complexos turísticos e hoteleiros. Os salários costumam ser altos, mas a dificuldade para conseguir vistos permanentes é grande e a fluência no inglês é uma exigência primordial.

8 – CHILE

panorama of Santiago (Providencia buildings and the Gran Torre Santiago tower) and Andes Mountains, Santiago, Chile.

Com a economia mais sólida da região, o Chile demanda por profissionais em Arquitetura. Vista de sua capital, Santiago.

Devido à similaridade dos costumes com os brasileiros, o idioma espanhol semelhante ao nosso e a pequena distância, o Chile pode ser um bom destino para pensar em trabalhar como arquiteto fora do Brasil. O país possui uma economia mais sólida quando comparada a dos vizinhos latino-americanos e cidades grandes como a capital Santiago tem demandado por profissionais para suprir suas necessidades na construção civil. A desvantagem é que os salários não são altos e assim como demais países da região, crises políticas ou econômicas podem a qualquer momento colocar em cheque as ofertas de trabalho.

9 – CANADÁ

Toronto, Canadá.

Toronto, uma cidade que respira Arquitetura

O Canadá é basicamente um sonho de consumo onde todo arquiteto gostaria trabalhar. A demanda por profissionais na área da construção é perene, os salários altos, a qualidade de vida invejável e leis progressistas. Porém, são muitas as exigências para a emissão de visto profissional, como um currículo excepcional e inglês ou francês fluentes. De fato, apenas para os melhores. No entanto, a experiência de trabalhar em Toronto e demais cidades onde se respira arquitetura, sem sombra de dúvidas é valiosa. Você pode, ainda, CLICAR AQUI e conhecer mais sobre o Intercâmbio INGLÊS + ARQUITETURA em Toronto oferecido pela Skope Intercâmbios Culturais com a 44 ARQUITETURA.

10 – REINO UNIDO

Londres, Reino Unido.

Após mais de uma década em crise, a construção civil no Reino Unido volta a ter demanda expressiva. Vista de Londres.

Após mais de uma década de crise e lentidão, a construção civil volta a respirar no país britânico. Mas a situação ainda não está tão fácil, só que com insistência e perseverança, muitas portas podem ser abertas a você como arquiteto no país. Os salários em geral são altos e a demanda está crescente. As dificuldades maiores são as incertezas após a saída do país da União Europeia, referentes às novas leis de imigração e também a grande concorrência internacional de imigrantes com ensino superior do mundo todo. O inglês, ao menos intermediário, é imprescindível.

Mas somos realistas e sabemos as dificuldades de um jovem migrar para um país estrangeiro, pois isso demanda uma série de fatores, inclusive investimento monetário para a empreitada. Além do mais, quando o Brasil voltar a crescer, será preciso que profissionais capacitados estejam aqui para ajudar o país. Portanto, a torcida maior é de um reaquecimento econômico brasileiro para que milhares de arquitetos possam ter uma boa colocação no mercado de trabalho por aqui e viaje ou até vá morar em outros países por opção e não por necessidade.

banner premio

Sobre 44 arquitetura

A 44 Arquitetura é um escritório particular pertencente aos sócios Cássio Wetterich e Luiz Carlos Lara localizado no interior do estado de São Paulo. Ficou conhecido no Brasil através de sua página no Facebook a qual se tornou uma das mais populares no segmento devido a seu conteúdo atualizado e diversificado relacionados com o as áreas de Arquitetura, Urbanismo, Design e Engenharia!
PRMEIO BANNER BLOG