5 razões para sermos arquitetos voluntários

banner premio

Uma vida bem sucedida em Arquitetura não quer dizer apenas que um profissional tenha que estar faturando muito, conquistando clientes cada dia mais e assim assegurando-se financeiramente, já pensou que também devemos tentar arrumar um tempo da correria e também enriquecer o coração? E e a melhor forma seria o envolvimento do profissional com a comunidade, pois uma grande parcela da população não tem como bancar um projeto de arquitetura. E não precisamos citar o quanto a Arquitetura é importante na vida de tudo mundo, principalmente destas pessoas.

Infelizmente, em nosso país, volte e meia vemos no noticiário comunidades que perderam sua moradia, seu local de trabalho e renda depois de fortes chuvas o que ocasiona alagamentos, desabamentos em moradias instaladas em enconstas, etc, sem contar o desastre como o de Mariana – MG onde a lama levou tudo o que as pessoas tinham.

O que acha de propor aqui no Brasil um trabalho como esse?

Patrick McLoughlin é um dos fundadores do Build Abroad, uma organização voluntária que oferece serviços de arquitetura e construção em nações em desenvolvimento.

Neste artigo, publicado pelo site Archininja, ele compartilha com os leitores as 5 razões porque arquitetos devem se envolver em organizações deste tipo:

“Muitos escritórios de arquitetura colaboram com organizações não governamentais no auxílio a países em desenvolvimento.

Clínica temporária e dormitórios by a.gor.a architects, Tailândia.

Clínica temporária e dormitórios by a.gor.a architects, Tailândia.

A A.gor.a Architects , por exemplo, está atualmente projetando e construindo uma nova clínica médica que proporcionará atendimento médico a refugiados e imigrantes na Birmânia.

O Auburn University Rural Studio, por sua vez, trabalha com arquitetos e estudantes para construir residências em comunidades rurais e ao mesmo tempo, instigar a ação comunitária, a colaboração e a sustentabilidade.

Diversas organizações também facilitem a construção voluntária. A Architecture for Humanity oferece serviços de arquitetura, planejamento e projeto voltados para a reconstrução após desastres naturais.

A Architects without Borders é uma operação global que oferece uma assistência de projeto ecologicamente sensível e culturalmente apropriada para comunidades carentes.

arq sol 01

Clínica temporária e dormitórios by a.gor.a architects, Tailândia.

Ao longo da última década, o voluntariado em outros países se tornou muito popular e uma parte importante da indústria da arquitetura e da construção.

O voluntariado oferece oportunidades de curto e longo prazo para experienciar a cultura de cada local e, ao mesmo tempo, dar um retorno à comunidade.

A construção voluntariada oferece o potencial de um impacto mais duradouro nas comunidades em questão.

Segundo ele, esses são os benefícios e como podemos fazer a diferença:

1. A construção proporciona um impacto físico duradouro:

Construir uma casa ou escola para uma comunidade carente é uma representação tangível do desenvolvimento.

Diferentemente de outras formas de voluntariado, pode-se ver e experienciar a diferença física por muito tempo depois que o período de voluntariado termina.

arq sol 07

Escola temporária na Tailândia.

arq sol 06

Escola temporária na Tailândia by a.gor.a architects

2.A construção incentiva o envolvimento comunitário:

Projetos de construção frequentemente incentivam a participação comunitária ativa.

Quando faz voluntariado, o papel do arquiteto é facilitar o crescimento a partir do interior da comunidade, rompendo a visão do “arquiteto visionário”.

Foto: Hug It Foward Bottles Schools - Guatemala - 2015 Arquitetura: Hug It Foward

Foto: Hug It Foward
Bottles Schools – Guatemala – 2015
Arquitetura: Hug It Foward

Um dos meus favoritos organizações , Hug it Forward construiu escolas na Guatemala a partir de garrafas plásticas recicladas. Os membros da comunidade , incluindo crianças , trabalho para limpar as ruas coletando milhares de garrafas . As garrafas são então utilizados como material de construção .

3. Projetos de construção servirão à comunidade por anos:

Em 2008 contruí uma escola e Gana com a Miami University. Foi um programa de projeto e construção que durou seis semanas.

A experiência me inspirou a criar o Build Abroad. Embora não tenha retornado a Gana desde a construção, sei que o trabalho que realizei ainda está servido à comunidade.

4. A construção pode causar um impacto ambiental:

Uma das maiores organizações humanitárias de arquitetura é o Architecture for Humanity, que desenvolve projetos de responsabilidade social e ambiental.

A incorporação de materiais locais é uma das estratégias mais sustentáveis que podem ser empregadas quando se constrói em outros países.

Foto: Building Trust Internacional Casa - Camboja - 2015 Arquitetura: Building Trust Internacional

Foto: Building Trust Internacional
Casa – Camboja – 2015
Arquitetura: Building Trust Internacional

A Building Trust International é outra organização que organiza concursos para explorar como a arquitetura e a construção podem atender as necessidades das comunidades.

5. A construção pode ajudar diretamente outras oportunidades de serviço:

Cada construção serve a um propósito: uma escola serve como lugar de aprendizado dos alunos; uma casa oferece abrigo a um trabalhador da comunidade e sua família; um novo equipamento hospitalar oferece um local para as pessoas se curarem.”

shigeru-ban-paper-house-arquitete-suas-ideias-arquitetura-solidaria-2

Shigeru Ban ajudando a construir suas casas de papelão.

*Patrick McLoughlin e Chad Johnson que se conheceram na escola de arquitetura e que queriam encontrar um meio de contribuir com os países em desenvolvimento, oferecendo a eles serviços de arquitetura e construção.

E você aí que está cheio de sonhos e energia?
Não é preciso ir tão longe para ser voluntário, você tem muitas comunidades que precisam de todo o seu conhecimento e talento de arquiteto para mudar a vida delas.
Animado?
Então, mãos á obra!

Via: Dica da Arquiteta

banner premio

Sobre 44 arquitetura

A 44 Arquitetura é um escritório particular pertencente aos sócios Cássio Wetterich e Luiz Carlos Lara localizado no interior do estado de São Paulo. Ficou conhecido no Brasil através de sua página no Facebook a qual se tornou uma das mais populares no segmento devido a seu conteúdo atualizado e diversificado relacionados com o as áreas de Arquitetura, Urbanismo, Design e Engenharia!
PRMEIO BANNER BLOG